Joker

Saudações visitantes!

Para encerrar a semana, fiz uma pintura do novo Coringa. Para ser sincero, hoje nem queria desenhar nada, mas quando vi a imagem que serviu de referência para a pintura, não resisti. Peguei papel e lapiseira e quando assustei, já estava pintando.

Quando fiquei sabendo que estavam criando um novo Coringa, fiquei chateado. Depois do Coringa do Jared Leto, acho que deveriam dar tempo com o personagem. O Coringa do Heath Ledger, ainda é recente e acho pouco provável que algum ator vá superá-lo. Ele é simplesmente incrível!

As coisas mudaram quando eu vi a foto do Joaquin Phoenix fantasiado. Ele, apesar de não lembrar em nada o H.L., apenas pela foto, passou a sensação de que sua versão será tão insana quanto a do H.L. Por culpa disso, não posso deixar de dizer que fiquei levemente esperançoso quanto ao filme.

Vejam o resultado da pintura:


Essa pintura não foi feita com a intenção de ser uma  cópia exata da foto. Estou experimentando algumas das dicas que o Davi Calil dá em seus vídeos e uma delas é sobre a referência. De acordo com ele, se você não quiser, não precisa fazer sua pintura idêntica a referência, ela pode ser apenas uma guia.

Outra dica dele, é a de trabalhar com pinceladas mais secas, carregadas e expressivas. Essa técnica esta sendo mais difícil de adotar, geralmente gasto horas reconstruindo pequenas partes da pintura. Simplificar as pincelas e trabalhar com pincel e copo d'água ainda são desafios para mim. Eu moldei meu pack de ferramentas para guache de forma que pudesse ser carregado dentro da mochila e para que pudesse ser utilizado em qualquer lugar. Além disso, uso muito pincel com reservatório de água, então é bem mais difícil obter esse resultado. Mas ainda não desisti, uma hora chego lá.

Mesmo assim, fico feliz em dizer que essa pintura foi um marco em meus estudos, assim como a pintura do Octorok. Que foi um marco por ter sido a pintura mais realista feita por mim até a data em que foi lançada. A do Coringa se tornou um marco por ser uma das mais rápidas e expressivas pinturas que já fiz, e é de um rosto, coisa que eu não tenho costume de pintar. Desde o esboço até a finalização, se gastei cinco horas de trabalho, estou exagerando. Trabalho nas pinturas complexas por dias, semanas e meses. Essa ficou pronta em menos de um dia.

Enfim, espero que tenham gostado do resultado. Como não estava esperando fazer nenhuma pintura legal hoje, não levei a máquina para o serviço, todo o processo foi registrado com o celular e será publicado no Instagram assim que terminar de editar as fotos.

Principais materiais utilizados:

  • Suporte: Papel Canson Desenho 200 A5
  • Material: Guache Talens

Desde já, agradeço pela visita. Desejo-lhe um ótimo fim de semana, abraços e até breve.

O peso das escolhas

Saudações visitantes!

O post de hoje vai ser um pouco chato, entretanto, espero que entendam. Lembre-se, você não é obrigado a ler, tão pouco precisa gostar, mas tem a obrigação de respeitar o espaço que não é seu.

Ontem, tanto na ida para o trabalho quanto no retorno, peguei ônibus com pessoas que defendiam a plenos pulmões, a política do discurso de ódio de certa pessoa que nem merece ser citada. E isso, fez o meu humor, que já não estava alto, ficar ainda mais baixo.

E, mesmo colocando o fone de ouvido no volume mais alto, foi possível ouvir fragmentos de frases como: "... tem que matar mesmo..." e "... não importa se a pessoa é homofóbica ou racista, o que importa é o governo dela...". Não vou nem falar quanto tudo isso que eu vejo acontecendo tem me deixado assustado. Mas esses comportamentos, em público, me deixaram realmente impressionado.

A que ponto de sandice nossa sociedade chegou? Eu não sei se essa reação é resultado da frustração com o cenário atual do país ou se é sentimento de ódio contido e reprimido por muito tempo. A questão é que eu simplesmente não consigo entender o que se passa dentro da mente dessas pessoas. Para me confortar, penso que isso é um vírus e que o próximo passo, será a caminhada em bando à procura de cérebros para devorar.

Desse conturbado cenário, nasceu a seguinte ilustração:



Pensando na consequência que tem as escolhas, boas ou ruins, seja para nós e para as pessoas que nos rodeiam. Geralmente, no fim do dia, apenas você dorme com suas escolhas. Não importa o quão ruim elas tenham sido. As consequências do que você faz são responsabilidades suas. Mas e nos casos que todo mundo paga por uma má escolha do todo? Já pensou qual o peso que uma má escolha pode ter?

Nesse contexto, não importa se você é uma formiga operária ou um besouro rinoceronte, o peso sempre será grande demais para carregar.

Pense bem no que fará em todas as situações de sua vida. Carregar o fardo de uma péssima escolha por quatro anos ou por quarenta, pode ser péssimo para você, imagina quanto será para os outros.

Enfim, espero que a próxima postagem seja "mais leve".

Abraços!

Jules - Limetown 50k

Saudações visitantes!

O estúdio Limetown chegou aos 50k seguidores no Instagram e para comemorar, resolveu sortear uma vaga do seu curso de pintura digital.

Para concorrer à vaga, basta pintar o desenho da Jules (cujo link foi disponibilizado no Instagram deles). Além disso, basta segui-los e curtir a postagem.

Quando vi o post anunciando o sorteio, fiquei louco, poderia pintar um desenho incrível, com aval dos donos e ainda poderia ganhar algo por isso. Assim que decidi participar do sorteio, fiquei em dúvida se pintava no digital ou tradicional. Mas no tradicional seria um desafio incrível, então não teve jeito. Fiz a pintura com materiais tradicionais, ou seja, o guache Talens que é meu material principal. Até dá para ver os pontos onde a impressora sujou o papel. Fazer o quê?

Esse é o resultado da pintura:



Principais materiais utilizados:

  • Suporte: Papel Canson Desenho 200 A4
  • Material: Guache Talens
Adorei fazer esse estudo e espero que tenham gostado. Não tenho costume de pintar pessoas, por isso esse desafio foi tão interessante. Gostou da ideia do estúdio? Então confere o insta deles, a qualidade do trabalho deles é fantástica.

Abraços e até breve.

Tóxico

Saudações!

Quem me acompanha pelo Instagram, viu o processo de desenvolvimento dessa pintura. O desenho em si, não tem nada de especial e sequer tem um tema específico. Peguei lápis e papel e comecei a rabiscar.


Depois que o desenho foi feito, resolvi estudar um pouco com ele. Já que faz um tempo que estou querendo pintar algo com paleta reduzida e com guache bem aguado. No fim das contas, além de realizar esses estudos, também consegui um efeito bem legal, a pintura ficou com cara de envelhecida.

Depois que fiz o desenho no papel Canson Layout 180, apliquei sobre a área do esboço, uma camada de aquarela quase seca. Usei um pincel Chato Tigre 181 (pelo de orelha de boi, bem macio), com uma mistura das cores Ocre e Marrom, aquarela em pastilha Sakura Koi. Em seguida, com Guache Talens, usando o pincel Keramik para Sumi-e e utilizando o tons cinza quente e o marrom desbotado, pintei todo o desenho com as tintas bem diluídas e em camadas suaves.

Outro estudo realizado com essa pintura, foi o de não utilizar o pincel com reservatório de água. Queria pintar tradicionalmente, usando água em copo e godê. O intuito é fazer com que o pincel com reservatório de água seja apenas um blender.

Além desses materiais, para definir os contornos, usei as canetas Sakura Coloring Brush Pen Light e Dark Warm Gray. Também usei Posca PC-1M branca para fazer brilhos e um pouco de lápis de cor branco Caran D'áche Supracolor II (seco).

Enfim, espero que tenham gostado do resultado desse estudo, pretendo utilizar esses recursos em conjunto em outra ocasião, por isso, aguardem.

Abraços e até breve.

Pimentão

Saudações!

Há alguns dias, quem me segue no Instagram, viu fotos de uma pintura que fiz de vários temperos. A ideia por trás daquele "estudo" era de utilizar as ilustrações para desenvolver algumas embalagens de tempero.

Agora, para dar sequência ao projeto peguei a pintura do pimentão e a recriei digitalmente, corrigindo alguns erros da forma, acrescentando mais luz, vida e detalhes. Vejam a seguir o resultado:


Vejam também a referência pintada com guache Talens.


Nessa pintura, usei apenas o Photoshop e a minha mesa digitalizadora Wacom Intuos Pen Touch.

Espero que tenham gostado, a medida que der para fazer os outros itens, vou postando.

Abraços!

Carro Tanque

Saudações!

Depois de encerrar o projeto da embalagem de café (postagem anterior), resolvi dar um tempo com os trabalhos voltados especificamente para o portfólio. Queria descansar a mente e nada melhor que um fanart para proporcionar isso. Como já havia feito outra pintura desse mesmo tema, Corrida Maluca, achei interessantíssimo revisitá-lo agora.


No Brasil, esse veículo da Corrida Maluca (Wacky Races) recebeu o nome de Carro Tanque, nos EUA, ele se chama Army Surplus Special (traduzindo ao pé da letra, o excedente especial do exército).


Fiz a base da pintura com aquarela em pastilha Sakura Koi. Em seguida, apliquei as primeiras camadas de guache Talens, testando luzes e sombras.


Aos poucos, camada por camada, a pintura começou a tomar forma. Nesse ponto, também comecei a marcar as áreas com branco e cinza quente escuro, obtendo definição.


Depois de concluir a pintura do fundo, de estabilizar as cores, sugerir algumas texturas e valorizar algumas luzes, marquei o contorno com uma contra luz amarelo-esverdeada e finalizei os processos. Gosto de colocar essas luzes definidas nas pinturas, dá um efeito bem legal.


Bom, espero que tenham gostado. Acho que vou criar uma área no portfólio só para esses desenhos da Corrida Maluca. Não vou parar nesse, podem ter certeza.

Principais materiais utilizados:

  • Suporte: Papel Canson Desenho 200
  • Base: Aquarela Sakura Koi
  • Finalização: Guache Talens
Abraços e até breve.

Golden SEED

Saudações!

Resolvi fazer um estudo de criação de embalagens para complementar o meu portfólio. A premissa do projeto era desenvolver tanto as ilustrações, quanto a parte de layout. Para finalizar, criei um mockup no Photoshop para simular como seria a embalagem real.

Quem me acompanha no Instagram, já viu as ilustrações do projeto. Elas foram pintadas com guache Talens em papel Canson Desenho 200 A4.


Como podem ver na imagem acima, a semente de café originalmente foi pintada para realmente parecer um grão de café. Entretanto, na construção do conceito da marca, precisei alterar as cores da semente, simulando ouro com um Gradient Map. Todas as cores da embalagem foram definidas a partir disso.

Em seguida, procurei uma faca* para a embalagem e comecei a trabalhar no layout dela com o Illustrator. Como é um projeto pessoal, criei uma logo simplificada e estabeleci o padrão de cores a partir da ideia da semente ser de ouro, preciosa. Depois disso, foi só trabalhar no layout, a base já estava estabelecida.


A embalagem que usei como referência, foi a do café Melita. Seria bem difícil criar essas informações que estão na embalagem do nada.

Por fim, finalizei o estudo, com o Photoshop. Dessa forma pude simular como seria o produto final sem usar um programa de modelagem 3D, mesmo sei usar esses softwares.  ;-)


Adorei realizar esse estudo, pude trabalhar todas as etapas do projeto sem usar recursos externos. Até o mockup foi criado por mim. Perambulei desde a pintura das ilustrações com material tradicional à simulação final no Photoshop com um pouco de pintura digital.

O próximo projeto, é de uma embalagem de tempero, pode ser de qualquer tipo, ainda não estabeleci isso. Vamos ver o que vai vai acontecer.

Espero que tenham gostado do estudo.

Abraços e até breve.

* - Faca, para quem não é Designer Gráfico, é o molde que corta o papelão da embalagem de qualquer produto que existe no mercado.

Paisagem urbana

Saudações visitantes!

O que posso dizer? Voltei ao Blogger e espero que seja para ficar. 

Como "primeira" postagem, vou falar sobre minha última pintura, um estudo de paisagem.

Fiz a foto de referência para essa pintura no fim de semana, antes de ir visitar minha mãe. Aliás, essa é uma das novidades que gostaria de contar para vocês. Enfim mudei para a casa nova! Bom, já faz alguns meses, mas ainda é novidade. Querem ver como a casa esta ficando? Deem uma conferida no Instagram dela: @construindo_nosso_cantinho

Vamos à pintura...

Depois de esboçar, camada por camada, construí a base da pintura com aquarela da Sakura. Ainda não investi em uma linha profissional de aquarela. A da Sakura é nível estudante e atende minhas necessidades, não sou um aquarelista, então seguimos assim.


Depois, com guache Talens, corrigi alguns tons e áreas que estavam me incomodando. Em seguida, trabalhei nos detalhes.
Vejam a seguir a textura do papel em contato com a tinta:


Foi bem divertido realizar esse estudo, fazia tempo que queria fazer algo assim e o resultado até que me agradou.

Principais materiais usados nessa pintura:
  • Papel Canson Desenho 200g;
  • Guache Talens
  • Aquarela em pastilha Sakura
Abraços e até breve.

Talvez você goste disso também:

Giz Pastel Oleoso

Saudações caros visitantes! Até cerca de uma semana atrás, dos materiais que eu possuo, acreditava que os pasteis oleosos eram os mais di...