Paisagem

Saudações visitantes!

Hoje, estou passando aqui apenas para mostrar a última pintura que fiz, ela é um presente para um amigo.


Essa pintura foi um trabalho interessante, por pouco, quase consegui pintar tudo em um dia apenas. Outro fato que destaca essa pintura, é que não tenho costume de pintar paisagens, tão pouco, tenho costume de trabalhar com pinceladas tão simples e marcadas. Geralmente, renderizo a pintura nos mínimos detalhes e tento deixar as transições de cores, extremamente suaves. Dessa vez, queria algo mais solto, vivo e expressivo.


Utilizei guache Talens em toda a pintura, mas a casa, foi pintada basicamente, com lápis de cor aquarelável da Derwent, Koh-I-Noor e Caran D'Ache, respectivamente das linhas, Watercolour, Mondeluz e Supracolor. Não sei se já mostrei esses lápis, depois vou conferir e dependendo, faço uma postagem especial. Tenho lápis das três marcas, por que, os primeiros (profissionais) que comprei foram os da Derwent, para completar com as cores que senti falta no estojo com 12, comprei alguns da Koh-I-Noor e para testar, comprei três da Caran D'Ache (esses são muito caros, nossa, e como, mas valem o custo).


Como suporte, utilizei papel Canson Aquarela 300 - A4, mas não a face da folha e sim o verso. A face desse papel possui uma textura ondulada, textura que não suporto. Usando o verso, aproveito a resistência do papel e ainda não me irrito.

PS.: Essa dica é para quem tem costume de digitalizar suas pinturas e desenhos. Digitalize com 600 dpis, corrija as cores com o ajuste de Exposição e finalize com o filtro de Aplicação inteligente de nitidez. Juro, ajuda muito!

Espero que tenham gostado.

Abraços e até breve.

2 comentários:

  1. Olha a dica de ouro ali no final do post! :D

    A pintura ficou incrível, cada detalhe é impressionante. Gostei principalmente dos tons e subtons de verde.

    Guache ainda é um material que preciso ter mais paciência para estudar e compreender, testar mesmo os meus limites, pois acho o resultado muito lindo.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. kkkkkk Valeu!

    O legal dessa parte da minha paleta de cores, é que os tons de verde forma criados para uma pintura do Shen Long, que também fiz para uma amigo. Então, tem tons verdes frios e naturais, além dos amarelos esverdeados.

    Aceito que guache é meu material base, mas quero experimentar outras formas de trabalhar com o material, é muito versátil. Nessa pintura, tentei não usar a técnica de misturar (esfumar) a tinta ao ponto da pincelada desaparecer. É meu vício, minha técnica preferida.

    Minha aposta atual é na mistura de aquarela com guache. Essa pintura é uma mistura dos dois materiais, no lago e nas montanhas, é possível ver claramente as pinceladas densas do guache. Já a casa, as passagens são mais suaves, ela foi pintada basicamente com os lápis aquareláveis.

    Abraços!

    ResponderExcluir

Aguarde um pouco. Assim que eu ler seu comentário, ele será publicado e terei o maior prazer em respondê-lo.

Agradeço por comentar!

Um abraço e até breve.